10 de julho de 2012

VÍRUS PODEROSO - CUIDADO





O DIA JÁ PASSOU. O RISCO AINDA NÃO.

LEIA COM ATENÇÃO.


Quase 250 mil usuários de computadores podem ficar sem acesso à Internet no mundo todo, nesta segunda-feira (9) por causa de um software malicioso usado num golpe que as autoridades dos Estados Unidos disseram ter desbaratado. O alerta feito pela Agência Reuters, em Boston, foi publicado ontem por diversos grandes jornais do mundo.

Alguns blogs e reportagens deram grande ênfase ao risco de um "apagão" na Internet. Mas especialistas dizem que apenas uma pequena fração dos computadores está sob risco, e que os provedores de acesso estarão atentos para restaurar rapidamente o serviço em caso de problemas.

Segundo eles, a ameaça é pequena em comparação a outros vírus mais difundidos, como o Zeus e o SpyEye, que infectam milhões de PCs e são usados para fraudes financeiras.


Até sexta-feira passada (6), cerca de 245 mil computadores no mundo todo continuavam infectados pelo "Alureon" e seus "parentes", segundo a firma de segurança Deteque. Isso inclui 45.355 computadores nos Estados Unidos.

Os vírus são programados para redirecionar o tráfego de Internet para servidores
DNS controlados por criminosos, segundo o FBI. Servidores DNS são ferramentas que distribuem o tráfego da Internet.

Quando as autoridades derrubaram os servidores "bandidos", um juiz federal
de Nova York determinou que os servidores temporários fossem mantidos enquanto as máquinas das vítimas eram consertadas.

Os servidores temporários foram desativados à 0h01 desta segunda-feira (1h01 em Brasília), o que significa que computadores que não tenham sido consertados até lá não poderão mais acessar a Internet.

Alguns provedores dos Estados Unidos, como AT&T e Time Warner Cable, adotaram soluções temporárias para que seus clientes possam acessar a Internet usando o endereço dos servidores DNS dos criminosos.

Informações sobre como identificar e limpar infecções podem ser encontradas em um saite criado por
um grupo de empresas de segurança e outros especialistas:

http://www.dcwg.org .
Os Estados Unidos abriram processo contra sete pessoas por orquestrarem a fraude mundial na Internet. Seis delas foram presas na Estônia, e a sétima, que vivia na Rússia, continua foragida. O governo estoniano já extraditou dois dos homens para Nova York.


As dicas de um técnico

O técnico em Informática Jorge Borcelli, que presta serviços ao Espaço Vital, dá orientações:

Já vinha há algum tempo pegando este vírus em alguns de meus clientes. Mas o mais importante - que se sabe só agora - é que este tipode vírus redireciona o acesso de alguns saites originais para saites falsos, aparentemente iguais aos originais. A manobra objetiva capturar contas, usuários, senhas etc.

Então, quem for afetado por este ´apagão´ deve verificar os saites que acessou anteriormente - principalmente contas de bancos - para providenciar a troca de senhas após o computador ter sido revisado, limpo e o antivírus atualizado.

Nesses casos, sugiro um saite bem simples, que testa na hora o DNS do computador:



Fonte:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Críticas serão sempre aceitas, desde que observado os padrões da ética e o correto uso da nossa língua portuguesa.