30 de dezembro de 2013

2014, mais um ano novo.







Diz o poeta Mario Quintana:

Ano Novo

Lá bem no alto do décimo segundo andar do ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas buzinas
Todos os tambores
Todos os reco-recos tocarem:
- Ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada – outra vez criança
E em torno dela indagará o povo:
- Como é o teu nome, meninazinha dos olhos verdes?
E ela lhes dirá
( É preciso dizer-lhes tudo de novo )
Ela lhes dirá bem alto, para que não se esqueçam:
- O meu nome é ES – PE – RAN – ÇA …
Mário Quintana

Sim, esperança de que eu mude, você mude também, e que todos mudem.

Só isso será o bastante para que 2014 seja um ano maravilhoso.

29 de dezembro de 2013

PROFECIAS QUE NÃO ACREDITO










Recebi um texto, por e-mail, atribuído à Jorge Serrão que afirma o seguinte: o ciclo do PT se encerra em 2014. 

Leia:

Embora as pesquisas amestradas e a propaganda chapa-branca vendam o “fato consumado” de que Dilma Rousseff se reelege (inclusive no primeiro turno), a conjuntura política e econômica real demonstra exatamente o contrário . A Oligarquia Financeira Transnacional, que controla de fato o Brasil, já decidiu que o ciclo de poder presidencial do PT no Brasil precisa ser encerrado em 2014 – contrariando as previsões ufanistas de Lula da Silva de uma hegemonia petista até 2022.

A Petrobras é o calcanhar de Aquiles do governo. Na Assembleia Geral Extraordinária marcada para o próximo dia 16, às 15 horas, no Rio de Janeiro, o PT sofrerá um dos ataques diretos mais contundentes aos seus esquemas. Outro fator que tende a ser decisivo para a derrota do PT ano que vem é a oposição econômica que lhe será promovida pelos maiores bancos. Itaú e Bradesco vão apostar na oposição: Aécio Neves ou Eduardo Campos. Postura idêntica à da Rede Globo (que já começou a pancadaria tirando o emprego de José Dirceu no hotel que seria o QG da campanha de 2014). 

A sabotagem dos controladores globalitários, promovida nos bastidores econômicos, contra Dilma Rousseff já começou e tende a se ampliar no decorrer de 2014. Acusada midiática e justamente de ter derrubado o crescimento brasileiro e aumentado a inflação e a dívida interna, bagunçando as contas públicas, Dilma vai ser alvo de ataques diretos ao seu modelo nada eficiente de gestão em suas empresas símbolos do capimunismo no Brasil: a Petrobras e o BNDES.

Dilma corre até o risco de ser responsabilizada, judicialmente, por várias decisões que causaram, vem causando e devem causar ainda mais prejuízos aos investidores da Petrobras. Antes de ser alçada pelo Presidente Lula para o trono do Palácio do Planalto, Dilma foi a “presidenta” do Conselho de Administração da Petrobras – cargo que é ocupado pelo desgastado Guido Mantega – que já pode ser pintado como o gestor do fracasso econômico da própria presidenta que tenta a reeleição.

Investidores da Petrobras – principalmente os internacionais – apostam que o governo não resiste a uma auditoria judicial, séria e independente, em vários negócios: nas refinarias Abreu Lima e Passadena, no Comperj, na Companhia de Recuperação Secundária (CRSec), na Petrobras International Finance Company S.A (PFICO) e na Gemini (caso que agora, surpreendentemente, aparece no noticiário que sempre o abafou. As fragilidades na Petrobrás atingem mortalmente Dilma, Mantega e Lula – padrinho do ex-presidente da empresa, José Sergio Gabrielli, e de seu diretor financeiro Almir Barbassa (no cargo há três governos).

Só a petralhada canalha e os petistas fanáticos fingem não perceber que o PTitanic já bateu no iceberg que irá afundá-lo a partir de outubro de 2014. A próxima traição programada contra o PT é o rompimento do pacto com PMDB (partido que funciona igualzinho à Rede Globo: sempre apoia quem está no governo). O movimento de rompimento com o PT será comandado pelo vice-Presidente Michel Temer (maçom que obedece ao que seus mestres britânicos da oligarquia transnacional ordenam) e pelo desesperado Sérgio Cabral Filho (que dará o troco ao “amigo” Lula por investir na candidatura ao governo do Rio do petista Lindberg Farias).

O PT não resistirá a 2014. Esta é a aposta dos agentes econômicos internacionais. E se o Brasil não vencer a Copa da Fifa, a derrota programada será socialmente ainda mais desgastante para petistas e petralhas que, a partir de agora, devem investir na procura do bote salva-vidas no PTitanic. Na língua dos controladores globalitários, “the game is over”.

De todas as previsões só acredito na última: se o Brasil perder a Copa do Mundo, em especial para a Argentina, muita coisa pode acontecer e as chances da Dilma e o PT de continuarem no poder podem diminuir sensivelmente.

Como Deus é brasileiro ele vai nos ajudar a fazer o Brasil perder, e como o Papa é argentino, ele ajudará a Argentina a ser campeã em pleno Maracanã, pois ambos querem o nosso bem.

28 de dezembro de 2013

A lição do fogo




Gostei, publico no meu blog.

Um membro, que regularmente frequentava um determinado grupo de estudos, sem nenhum aviso deixou de participar de suas atividades.

Após algumas semanas, o Mestre daquele grupo decidiu visitá-lo.

Era uma noite muito fria.

O Mestre encontrou o homem em casa, sozinho, sentado diante da lareira, onde ardia um fogo brilhante e acolhedor.

Adivinhando a razão da visita, o homem deu as boas-vindas ao Mestre, conduziu-o a uma grande cadeira perto da lareira e ficou quieto, esperando.

No silêncio sério que se formara, apenas contemplavam a dança das chamas em torno das rachas de lenha, que ardiam.

Ao cabo de alguns minutos, o Mestre examinou as brasas que se formaram e cuidadosamente selecionou uma delas, a mais incandescente de todas, empurrando-a para o lado.

Voltou então a sentar-se, permanecendo silencioso e imóvel.

O anfitrião prestava atenção a tudo, fascinado e quieto.

Aos poucos a chama da brasa solitária diminuía, até que houve brilho momentâneo e seu fogo apagou-se de vez.

Em pouco tempo, o que antes era uma festa de calor e luz, agora não passava de um negro, frio e morto pedaço de carvão recoberto de uma espessa camada de fuligem acinzentada.
Nenhuma palavra tinha sido dita desde o protocolar cumprimento inicial entre os dois amigos.

O Mestre, antes de se preparar para sair, manipulou novamente o carvão frio e inútil, colocando-o de volta no meio do fogo.

Quase que imediatamente ele tornou a incandescer alimentado pela luz e calor dos carvões ardentes em torno dele.

Quando o Mestre alcançou a porta para partir, seu anfitrião disse:

- Obrigado. Por sua visita e pelo belíssimo sermão.

Estou voltando ao convívio do grupo.

NOTA:
AUTOR - Paulo Lacava


Que país é o nosso?






                A notícia que acabo de ouvir deve deixar todos os brasileiros corados de vergonha. Um pedreiro, ganhador de mais de 7 milhões na Mega-sena, diz que “dinheiro não traz felicidade e que ele pretende doar todo o montante a uma instituição de caridade”, após ter sido vítima de um sequestro.

                Homem simples, que não mudou de hábito após faturar a bolada, pois continua a morar na mesma casa (de um tio), a andar de moto velha que já possuía, e que continua trabalhando como pedreiro -, ele foi mais uma vítima da alta taxa de criminalidade que assola nosso país.

                Alegando que o dinheiro recebido só lhe causou aborrecimentos, brigou com o irmão em disputa pelo bilhete premiado (o caso foi parar no Judiciário) e agora foi sequestrado, o pedreiro pretende voltar para sua terra natal, Bahia, em lugar que não revela de medo.

                Por essa razão que sempre falo: se um dia eu for o contemplado de uma bolada na Mega-Sena, certamente pegarei o primeiro voo para o exterior e só volto, se voltar, de férias.

25 de dezembro de 2013

Natal: vamos ajudar o Zé a conseguir um emprego








        José Dirceu ainda não conseguiu arrumar um emprego, apesar de o PT, seu partido, alardear que a taxa de desemprego no Brasil é muito baixa. Estaria ele exigindo um salário muito alto, ou lhe faltam habilidades e competências para os cargos a que se habilitou?

        Depois de anos “trabalhando” para o PT, José Dirceu se vê na obrigação de conseguir um emprego para poder cumprir sua pena em regime semiaberto. Já tentou de gerente de hotel e não conseguiu. Agora quer ser bibliotecário de um escritório de advocacia, mas o Conselho Federal dos Bibliotecários já se manifestou contra: o exercício dessa função é privativo de graduados em biblioteconomia.

        Apesar dos pesares, creio que todos nós brasileiros, envolvidos no espírito natalino, deveríamos ajudar o Zé Dirceu a conseguir um emprego. Que sejamos o Noel do Dirceu, pois um gesto dessa magnitude só nos faria bem.

        Se os leitores deste blog irão encampar a minha campanha eu não sei. A minha parte estou fazendo, e desde já faço uma sugestão a ele: concorra a uma vaga de carcereiro no Complexo Penitenciário da Papuda, pois certamente você não será rejeitado.

        Agora a palavra é dos leitores: ajudem o Zé a conseguir um emprego.

21 de dezembro de 2013

Copa do Mundo – assistir jogos no exterior.






        Em breve o Brasil estará recebendo um grande número de turistas que virão para acompanhar o mundial de futebol. Estaremos conectados com o mundo, e o nosso país mostrará se de fato a FIFA soube escolher bem a sede do mundial de 2014. Pelo andar da carruagem, a alegria e a natural hospitalidade do povo brasileiro se misturará com a incompetência generalizada no que se relaciona às obras de infraestrutura necessárias para dar suporte a um evento de tal magnitude. Some-se a isso, a precariedade e falta de qualificação da mão de obra do setor hoteleiro, restaurantes, táxis, aliados ao preço abusivo que é cobrado por esses serviços e a alta taxa de criminalidade existente.

        Já estamos vivenciando isso, e os turistas ainda não chegaram. Viajar hoje para qualquer cidade turística no Brasil já fica muito mais dispendioso do que fazer turismo no exterior, onde a qualidade dos serviços que você recebe é infinitamente superior.

        Pesquisas demonstram que muitos brasileiros já estão preferindo viajar para o exterior, e que esse número será ainda maior com a proximidade da Copa do Mundo.

        Diante disso, estou programando assistir a Copa do Mundo pela TV, preferencialmente no exterior, pois certamente economizarei bastante e terei a oportunidade de conhecer mais alguns países.