29 de abril de 2012

DIREITO DO IDOSO - HOSPITAIS PLANOS DE SAÚDE



Crédito Imagem - recados.net



Caro(a) Leitor(a),

Tome conhecimento, de um direito do idoso que todos devemos conhecer e  divulgar pois, nem os hospitais, nem os planos de saúde divulgam.

De acordo com o Art. 16, Capítulo IV, da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de  2003 (Estatuto do Idoso): "Ao idoso internado ou em observação é assegurado o direito a acompanhante, devendo o órgão de saúde proporcionar as condições adequadas para a sua permanência em tempo integral, segundo critério médico."

Nestas "condições adequadas" está incluído: o pernoite e as três  refeições. Independe do plano de saúde contratado pois está na lei.   

Recentemente dois  idosos conseguiram o benefício apenas falando com o hospital e o plano de saúde.
Eles cederam logo porque sabem que é um  direito, apenas não avisam...

Todos nós temos ou teremos alguém nesta situação, portanto, vamos  divulgar!

Nota:
Recebi por e-mail de Maria Elisa, Campinas - SP.

BATERIAS DE CELULARES - DICAS


Crédito Imagem - todaoferta.uol.com.br


Dez dúvidas comuns envolvendo baterias de celulares.  

Dr.  Antônio Carlos Gianoto, professor do departamento de engenharia elétrica da FEI, esclareceu o que é (ou não) mito.

Uma das dúvidas campeãs: 'É preciso esperar que a bateria descarregue completamente para ligá-la na tomada?'.

MITO. As baterias de hoje, de íon-lítio, não têm efeito memória. Você pode chegar em casa e conectar notebook, celular e câmera sem problema. Apenas as primeiras baterias, de níquel cádmio, tinham esta problemática

É possível prolongar a duração das baterias?

VERDADE. No celular, por exemplo, isso acontece desativando o visor colorido, desabilitando o 'vibracall' e diminuindo o volume do toque. Em notebooks, programando para que entrem em sistema de baixo consumo após um tempo sem digitar e tirando o brilho máximo da tela.

Baterias perdem a capacidade com o tempo?

VERDADE. Por serem feitas de elementos químicos, existe um desgaste natural. Os aparelhos têm um ícone em que é possível monitorá-lo. Com o tempo, aquela carga que antes chegava a 100%, não chega mais. Haverá um momento em que será necessário trocá-la.

Ligar e desligar os aparelhos muitas vezes faz a bateria acabar mais rápido?

VERDADE. Toda vez que você liga o aparelho, ele tem de se energizar como um todo. Isso consome energia. O ideal, em casos como o do notebook, é deixar em 'stand by'

Preciso esperar a carga chegar a 100% antes de tirá-la da tomada?

MITO. Como não existe mais a questão do tempo memória, pode-se fazer a carga parcial sem que existam danos ao aparelho

A primeira carga precisa levar, no mínimo, 12 horas?

MITO. Uma carga inicial de duas a três horas costuma ser suficiente hoje em dia. Mas pode haver uma pequena variação de aparelho para aparelho ou de marca para marca. Por isso, é importante ler o manual de instruções e respeitar as especificações do fabricante.

Baterias explodem?

VERDADE. Como são feitas de elementos químicos, existem reações. Uma expansão interna de gases, por exemplo, pode incorrer em uma explosão. Por isso, recomenda-se não colocar baterias perto do fogo. O uso de carregadores de segunda linha também pode gerar explosões. Use sempre baterias originais. 

Baterias não podem ser descartadas em lixos comuns?

VERDADE. Se não for feita uma coleta seletiva, elas fatalmente acabarão em um aterro sanitário e seus elementos químicos, que são tóxicos, podem poluir solos e lençóis freáticos. Por isso, o descarte deve ser controlado. Procure postos autorizados para descartar baterias em desuso.

As baterias ainda vazam, assim como acontece com as pilhas?

VERDADE. Embora isso raramente ocorra com as novas baterias, componentes podem oxidar e danificar o sistema. Se acontecer, descarte a bateria e leve o equipamento para um técnico avaliar.

Colocar a bateria na geladeira ajuda a recuperar sua energia?

MITO. Ambientes úmidos não são bem-vindos. A entrada de água no sistema provoca curto e dano. Esta história de que geladeira recarrega bateria é mentira. Não existem evidências que comprovem isso. Se acabar a bateria, tire-a do celular e deixe-a em temperatura ambiente. Só isso será suficiente para que você faça mais uma chamada.
NOTA:
Recebi por e-mail de Uibirajara Dias Viegas.

28 de abril de 2012

Stress – saiba como evitá-lo



Crédito Imagem - amoretluxprp.blogspot.com



Não sei o autor desta mensagem. Recebi por e-mail do leitor Ubirajara Dias Viegas. Como achei interessante quero compartilhar com meus amigos.

Uma palestrante perguntou à platéia que o assistia:

Qual o peso deste copo d'água? “

As respostas variaram de 250g a 700g.

O palestrante, então, disse:

- "O peso real não importa. Isso depende de por quanto tempo você segurar o copo levantado."

"Se o copo for mantido levantado durante um minuto, isso não é um problema. Se eu o mantenho levantado por uma hora, vou acabar com dor no braço. Mas se eu ficar segurando um dia inteiro, provavelmente eu vou ter cãibras dolorosas e vocês terão de chamar uma ambulância."

E ele continuou:

- "E isso acontece também com o estresse e a forma como controlamos o estresse. Se você carrega a sua carga por longos períodos, ou o tempo todo, cedo ou tarde a carga vai começar a ficar incrivelmente pesada e, finalmente, você não será mais capaz de carregá-la."

"Para que o copo de água não fique pesado, você precisa colocá-lo sobre alguma coisa de vez em quando e descansar antes de pegá-lo novamente. Com nossa carga acontece o mesmo. Quando estamos refrescados e descansados nós podemos novamente transportar nossa carga."

Em seguida, ele distribuiu um folheto contendo algumas formas de administrar as cargas da vida, que eram:

1 *  Aceite que há dias em que você é o pombo e outros em que você é a estátua.

2 * Mantenha sempre suas palavras leves e doces pois pode acontecer de você precisar engolir todas elas.

3 * Só leia coisas que faça você se sentir bem e ter a aparência boa de quem está bem, caso você morra durante a leitura.

4 * Dirija com cuidado. Não só os carros apresentam defeitos e têm recall do fabricante.

5 * Se não puder ser gentil, pelo menos tenha a decência de ser vago.

6 * Se você emprestar R$200,00 para alguém e nunca mais vir essa pessoa, provavelmente valeu a pena pagar esse preço para se livrar dela.

7 * Pode ser que o único propósito da sua vida seja servir de exemplo para os outros.

8 *   Nunca compre um carro que você não possa manter.

9 * Quando você tenta pular obstáculos lembre que está com os dois pés no ar e sem nenhum apoio.

10 * Ninguém se importa se você consegue dançar bem. Para participar e se divertir no baile, levante e dance, pronto.

11 * Uma vez que a minhoca madrugadora é a que é devorada pelo pássaro, durma até mais tarde sempre que puder.

12 * Lembrem que é o segundo rato que come o queijo - o primeiro fica preso na ratoeira. Saiba esperar.

13 * Lembrem, também, que sempre tem queijo grátis nas ratoeiras.

14 * Quando tudo parece estar vindo na sua direção, provavelmente você está no lado errado da estrada.

15* Aniversários são bons para você. Quanto mais você tem, mais tempo você vive.

16 * Alguns erros são divertidos demais para serem cometidos só uma vez.

17 * Podemos aprender muito com uma caixa de  lápis de cor. Alguns têm pontas aguçadas, alguns têm formas bonitas e alguns são sem graça. Alguns têm nomes estranhos e todos são de cores diferentes, mas todos são lápis e precisam viver na mesma caixa.

18 * Não perca tempo odiando alguém, remoendo ofensas e pensando em vingança. Enquanto você faz isso a pessoa está vivendo bem feliz e você é quem se sente mal e tem o gosto amargo na boca.

19 * Quanto mais alta é a montanha mais difícil é a escalada. Poucos conseguem chegar ao topo, mas são eles que admiram a paisagem do alto e fazem as fotos que você admira dizendo "queria ter estado lá".

20 * Uma pessoa realmente feliz é aquela que segue devagar pela estrada da vida, desfrutando o cenário, parando nos pontos mais interessantes e descobrindo atalhos para lugares maravilhosos que poucos conhecem.

"Portanto, antes de voltarem para casa, depositem sua carga de trabalho no chão. Não carreguem para casa. Vocês podem voltar a pegá-la amanhã. Com tranquilidade."

27 de abril de 2012

MANUAL BÁSICO DE COMO UTILIZAR UM ADVOGADO...



Crédito Imagem - profmatzenbacher.blogspot.com




COISAS QUE O CLIENTE PRECISA SABER:

1- ADVOGADO dorme. Pode parecer mentira, mas ADVOGADO precisa dormir como qualquer outra pessoa. Não o acorde sem necessidade! Esqueça que ele tem telefone em casa, ligue para o escritório.

2- ADVOGADO come. Parece inacreditável, mas é verdade. ADVOGADO também precisa se alimentar, e tem hora para isso.

3- ADVOGADO pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: mesmo sendo um ADVOGADO a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar sobre processos, audiências, etc...

4- ADVOGADO, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, não é? É surpreendente, mas ADVOGADO também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, consome Lexotan para conseguir relaxar, etc. E o fundamental: pode parecer bizarro, mas os livros para "UPLOAD" do profissional, os cursos, o operacional do escritório e a administração disso tudo não acontecem gratuitamente. Impressionante, não? Entendeu agora o motivo dele cobrar uma consulta?

5- Ler, estudar, é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada.

6- Não é possível examinar processos pelo telefone. Precisa comentar?

7- De uma vez por todas, vale reforçar: ADVOGADO não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal. Ele precisa examinar os processos muitas vezes para maturá-lo e poder superar as expectativas. Se quiser um milagre, tente uma macumba e deixe o pobre do ADVOGADO em paz.

8- Em reuniões de amigos ou festas de família, o ADVOGADO deixa de ser ADVOGADO e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele passar no vestibular. Não peça conselhos sobre como recuperar dinheiro emprestado, ajuizar ação de alimento, intuir sobre resultados de processo, muito pior, não peça dicas de condutas jurídicas a serem tomadas, após é claro exposição dos fatos (lugar impróprio, não acha?). Por mais que o ADVOGADO esteja de folga, confundi-lo com fiscal de arrecadação, delegado de polícia, promotor de justiça, engenheiro sempre ofende, ok?

9- Não existe apenas um arrazoadozinho - qualquer requerimento é uma defesa ou inicial e tem que ser pensado, estudado, analisado e é claro, cobrado. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para tornar a vida do ADVOGADO mais suportável.

10- Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue apenas quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o ADVOGADO pode estar fazendo alguma coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo. Nas situações acima, o ADVOGADO pode atender? Sim, ele pode até atender desde que seja pago por isso. É desnecessário dizer que nesses casos o atendimento tem custo adicional, como em qualquer outro tipo de prestação de serviços. Por favor, não pechinche.

Lembrete: cara feia na hora de assinar cheque não diminui o que você tem que pagar. Se queria pagar menos, deveria ter procurado um escrevente ou cartorário.

11- Antes da consulta: por favor, marque hora. Se você pular essa etapa, não fique andando de um lado para o outro na sala de espera e nem pressionando a secretária. Ela não tem culpa da sua ignorância. Ah! E não espere que o ADVOGADO vá te colocar no horário de quem já estava marcado só porque vocês são amigos ou parentes. Se tiver fila, você vai ficar por último. Só venha sem marcar se for caso de emergência (tipo: minha sogra foi presa, meu filho foi para a Febem...). A emergência não é a fissura em si, mas sim a sua esposa buzinando na sua orelha. O ADVOGADO vai ser solidário a você, com certeza.

Agora, caso o chamado de emergência seja fora do expediente normal de trabalho, o custo da consulta também será fora do normal, ok?

12- Repetir a mesma pergunta mais de 15 vezes não vai fazer o ADVOGADO mudar a resposta. Por favor, repita no máximo três.

13- Quando se diz que o horário de atendimento do período da manhã é até 12h, não significa que você pode chegar às 11h e 55m. Se você pretendia cometer essa gafe, vá depois do almoço. O mesmo vale para a parte da tarde: vá no dia seguinte.

14- Na hora da consulta, basta que esteja presente o cliente. Você deve responder somente às perguntas feitas pelo ADVOGADO. Por favor, deixe o cunhado, os amigos do cunhado, seus vizinhos com seus respectivos filhos nas casas deles. Não fique bombardeando o ADVOGADO com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, além de torrar a paciência.

ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o processo.

15- Infelizmente para você, a cada consulta, o ADVOGADO poderá examinar apenas um único caso. Lamentamos informar, mas seu outro problema/caso terá que passar por nova consulta, que também deverá ser paga.

16- O ADVOGADO não deixará de cobrar a consulta só porque você já gastou demais no processo. Os ADVOGADOS, além de não terem sido os criadores do ditado "O barato sai caro", também não foram os criadores do seu problema jurídico!!!

E, finalmente, ADVOGADO também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou...

Autor:

Eiji



Nota:

Recebi por e-mail de Caio Celso Nogueira de Almeida, Garça, SP.

26 de abril de 2012

O movimento "de fora para dentro".




Crédito Imagem - cleberbrasil.com

Vale a pena ler e refletir.



Estamos tão cercados de tecnologia barata e simples, que estão quase obrigando as pessoas a serem felizes.
Mostram a todo momento que temos tanto para comemorar.
A Internet diminui distâncias e possibilita, assim como na praia, que pobres e ricos possam se misturar e frequentar os mesmos lugares.
Já pensou nisso?
Nesse momento podemos visitar o museu do Louvre, passear pelas ruas de Paris ou Amsterdã.
Busque uma câmera online e veja o céu de Nova York.
E o frio londrino pode até ser sentido aqui e agora.
Podemos até começar um papo com o nosso futuro amor.
Mas, porque não sorrimos tanto assim?
Porque os consultórios se enchem de pessoas com queixas "vazias".
Pessoas que estão doentes e não conseguem explicar a doença.
São sintomas da alma, que aflita perdeu a paciência.
Paciência que desapareceu do mundo agitado e cheio de pressa.
Temos tecnologia 4G para o seu Ipad, mas nem 1G para a sua paz.
Deveríamos estar todos felizes.
Não precisamos mais caçar a comida, pegar a lenha, buscar água.
Subir escadas?
Temos elevadores rápidos.
Caminhar até a esquina?
Pra quê? temos carros velozes.
Namorar na praça? Temos o Face, o MSN, o twitter.
Podemos digitar alguns caracteres que dizem: eu te amo!
Com ponto de exclamação e vazio de emoções.
Condomínios fechados.
Alimentos processados.
Comida "FAST" que nos "FOOD".
Pílulas para dormir, para fazer amor, para relaxar, para rir. Plásticas para esticar, desinchar, afinar e até, pasmem: matar!
Admirável mundo velho, que se faz de novo e engana a cada um de nós.
Que esquecemos o valor das pequenas coisas.
Da comida feita lentamente, no processo de colocar amor em cada ingrediente, do beijo na boca demorado e ardente, do tempo de abraçar e sorrir contente.
Do tempo em que precisávamos de muito pouco para sermos felizes.
Pelo menos agora, por amor a você, preste atenção ao seu tempo, que escorre pelo ralo da tecnologia, que rouba a paciência e a própria essência da vida.
Desligue-se por algum tempo, e viva o mundo real, que te saúda e oferece mil coisas saudáveis e gratuitas para ser realmente feliz!
TEXTO:
Paulo Roberto Gaefke
Nota:
Recebi por e-mail de Mariza Brandimarti.

25 de abril de 2012

II Guerra Mundial - Espetacular



Crédito Imagem - historia.blogue.me



Não deixem de ver.

Espetacular:


O melhor mapa - vivo - da II Guerra Mundial   
                                                                                                                                                       
Em poucos segundos toda (?) a história da II Guerra Mundial na Europa. 


Em movimento e sem dizer uma só palavra....

http://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=197a39f388&view=att&th=136e144c9a98a3d7&attid=0.1&disp=safe&zw

Crédito:

Recebi por e-mail de Mariza Brandimarti

Educação – Desabafo de um empresário






Silvino Geremia é empresário em São Leopoldo, Estado do Rio Grande do Sul. Eis o seu desabafo, publicado na revista EXAME:

"Acabo de descobrir mais um desses absurdos que só servem para atrasar a vida das pessoas que tocam e fazem este país: investir em Educação é contra a lei.

Vocês não acreditam?

Minha empresa, a Geremia, tem 25 anos e fabrica equipamentos para extração de petróleo, um ramo que exige tecnologia de ponta e muita pesquisa.

Disputamos cada pedacinho do mercado com países fortes, como os Estados Unidos e o Canadá.

Só dá para ser competitivo se eu tiver pessoas qualificadas trabalhando comigo.

Com essa preocupação criei, em 1988, um programa que custeia a educação em todos os níveis para qualquer funcionário, seja ele um varredor ou um técnico.

Este ano, um fiscal do INSS visitou a nossa empresa e entendeu que Educação é Salário Indireto.

Exigiu o recolhimento da contribuição social sobre os valores que pagamos aos estabelecimentos de ensino freqüentados por nossos funcionários, acrescidos de juros de mora e multa pelo não recolhimento ao INSS.

Tenho que pagar 26 mil reais à Previdência por promover a educação dos meus funcionários?

Eu honestamente acho que não.

Por isso recorri à Justiça.

Não é pelo valor em si, é porque acho essa tributação um atentado.

Estou revoltado.

Vou continuar não recolhendo um centavo ao INSS, mesmo que eu seja multado 1000 vezes.

O Estado brasileiro está completamente falido.

Mais da metade das crianças que iniciam a 1ª série não conclui o ciclo básico.

A Constituição diz que educação é direito do cidadão e um dever do Estado.

E quem é o Estado?

Somos todos nós.

Se a União não tem recursos e eu tenho, acho que devo pagar a escola dos meus funcionários.

Tudo bem, não estou cobrando nada do Estado.

Mas também não aceito que o Estado me penalize por fazer o que ele não faz.

Se essa moda pega, empresas que proporcionam cada vez mais benefícios vão recuar..

Não temos mais tempo a perder.

As leis retrógradas, ultrapassadas e em total descompasso com a realidade devem ser revogadas.

A legislação e a mentalidade dos nossos homens públicos devem adequar-se aos novos tempos.

Por favor, deixem quem está fazendo alguma coisa trabalhar em paz.

E vão cobrar de quem desvia dinheiro, de quem sonega impostos, de quem rouba a Previdência, de quem contrata mão-de-obra fria, sem registro algum.

Eu Sou filho de família pobre, de pequenos agricultores, e não tive muito estudo.

Somente consequi completar o 1º grau aos 22 anos e, com dinheiro ganho no meu primeiro emprego, numa indústria de Bento Gonçalves, na serra gaúcha, paguei uma escola técnica de eletromecânica.

Cheguei a fazer vestibular e entrar na faculdade, mas nunca terminei o curso de Engenharia Mecânica por falta de tempo.

Eu precisava fazer minha empresa crescer.

Até hoje me emociono quando vejo alguém se formar.

Quis fazer com meus empregados o que gostaria que tivessem feito comigo.

A cada ano cresce o valor que invisto em educação porque muitos funcionários já estão chegando à Universidade.

O fiscal do INSS acredita que estou sujeito a ações judiciais.

Segundo ele, algum empregado que não receba os valores para educação poderá reclamar uma equiparação salarial com o colega que recebe..

Nunca, desde que existe o programa, um funcionário meu entrou na Justiça.

Todos sabem que estudar é uma opção daqueles que têm vontade de crescer...

E quem tem esse sonho pode realizá-lo porque a empresa oferece essa oportunidade.

O empregado pode estudar o que quiser, mesmo que seja Filosofia, que não teria qualquer aproveitamento prático na nossa Empresa Geremia.

No mínimo, ele trabalhará mais feliz.

Meu sonho de consumo sempre foi uma Mercedes-Benz.

Adiei sua realização várias vezes porque, como cidadão consciente do meu dever social, quis usar meu dinheiro para fazer alguma coisa pelos meus 280 empregados.

Com os valores que gastei no ano passado na educação deles, eu poderia ter comprado Duas Mercedes.

Teria mandado dinheiro para fora do País e não estaria me incomodando com essas leis absurdas .

Mas infelizmente não consigo fazer isso.

Eu sou um teimoso.

No momento em que o modelo de Estado que faz tudo está sendo questionado, cabe uma outra pergunta.

Quem vai fazer no seu lugar?

Até agora, tem sido a iniciativa privada.

Não conheço, felizmente, muitas empresas que tenham recebido o mesmo tratamento que a Geremia recebeu da Previdência por fazer o que é dever do Estado.

As que foram punidas preferiram se calar e, simplesmente, abandonar seus programas educacionais.

Com esse alerta temo desestimular os que ainda não pagam os estudos de seus funcionários.

Não é o meu objetivo.

Eu, pelo menos, continuarei ousando ser empresário, a despeito de eventuais crises, e não vou parar de investir no meu patrimônio mais precioso:

as pessoas.

Eu sou mesmo teimoso!...

Não tem jeito... 

Nota:
Recebi por e-mail do Dr. Wagner da Silva Negré, Presidente Prudente, SP.

UTILIDADE PÚBLICA - SAIBA TUDO SOBRE OS POLÍTICOS


Crédito Imagem - ubatanoticias.com.br




Agora podemos saber e acompanhar o que cada político é e faz.

Segue endereço de um portal criado para termos acesso a todos os dados dos parlamentares em exercício (inclusive passagens pela justiça).

Basta clicar na cidade ou estado e fazer a busca.

Se buscarem sem digitar nada, aparece uma lista com todos os políticos da zona escolhida:


Façam bom uso e COMPARTILHEM essa ferramenta, que é muito importante.

É um gesto de cidadania e ética

Crédito:

Recebi por e-mail de Djalma, Mogi das Cruzes,SP

CAMPANHA DAS SACOLINHAS PLÁSTICAS




Só rindo.

Não viaje mais para a Espanha




 


       Mais um grupo de turistas brasileiros foi barrado no aeroporto de Madri no último dia 22 deste mês. Alegaram que foram maltratados, embora possuísse todos os documentos exigidos para entrar naquele país. Dentre eles uma turista teve os remédios confiscados (ela é diabética), tendo passado mal.

       O governo brasileiro alega que está adotando o princípio da reciprocidade, e que para os espanhóis que chegam ao Brasil estão sendo exigidos os mesmos documentos que eles pedem aos brasileiros.

       Todavia, não se tem notícia de que os turistas espanhóis são maltratados aqui, como são os brasileiros que viajam para aquele país.

       Em minha opinião só existe uma solução: não viaje mais para a Espanha. 

Leia um relato de um turista brasileiro que foi deportado após chegar na Esapanha:

23 de abril de 2012

Sacolinhas plásticas – a novela continua





       Veja mais um capítulo da novela das sacolinhas plásticas e os supermercados. Leia agora um texto atribuído a Leda Nagle, publicado no Dia Online:

Me engana que eu gosto

Qual é a embalagem do açúcar que você compra? Saco plástico. Onde vem o sal que você compra? Em saco plástico. E a farinha de trigo, de mandioca, o fubá, o feijão, o arroz nosso de cada dia? Todos embalados em sacos plásticos. Onde é que você coloca as frutas e os legumes que você compra no supermercado? Em sacos plásticos. Onde vem os remédios que você compra nas farmácias? Em sacolas plásticas. E, por acaso, esta profusão de sacos plásticos que fazem parte do seu dia a dia não poluem o ambiente? Não destroem o planeta? O único saco plástico que polui é a sacola plástica que você recebe dos supermercados?

Aquelas mesmo que você recicla colocando seu lixo de casa. Aquelas que, se for civilizado, você usa para apanhar e descartar as cacas do seu cachorro. Aquelas mesmo que as grandes redes de supermercado querem parar de fornecer a você na hora das compras. E o que eles dizem? Que elas são as responsáveis pela poluição do nosso planeta. Por que só elas? Só o plástico com que elas são feitas poluem rios, destroem as matas, tornam nosso mundo menos habitável? Mas porque só elas? Quem disse? As grandes redes de supermercado. E quem ganha com isto? O planeta? Me engana que eu gosto. Além dos fabricantes de rolos de sacos de lixo, que também são feitos de plástico, quem mais ganha com a proibição das sacolas de plástico são as grandes redes de supermercado que, a partir de agora, em cidades como São Paulo e Belo Horizonte, por exemplo, não terão mais despesa alguma com o consumidor. Depois que ele pagar — e muito bem — os produtos que comprar o problema de levar os produtos para casa passa a ser só do consumidor.

Como você vai levar seus produtos para sua casa? Problema seu. Até porque não são eles que vão entrar nos ônibus cheios, nos trens lotados, no metrô entupido, nas barcas sobrecarregadas, levando uma caixa de papelão. Uma mala sem alça. E ainda querem convencer você, pessoa de boa fé, que está ajudando na reconstrução do planeta. Não é meigo? Não. Acho cínico. E a parte deles? Bom, eles vendem a você sacolas retornáveis. E sabe o que acontece dentro delas? Se você não limpá-las, adequadamente, lavando com água e sabão, bactérias e fungos crescem dentro delas.
 Sabia também que o correto seria usar uma sacola para carnes, outra para vegetais e outra para produtos de limpeza? Sabia que elas não podem ser feitas de produto muito resistente, com muitas tramas? Porque as bactérias se entranham nos tecidos mais fortes com mais facilidade. E então? Mais tranquilos? Vai dar trabalho, ficará mais caro e você ainda acha mesmo que vai ajudar a salvar o planeta?

Fonte:

SOS - CUIDADO PERIGO DE INCÊNDIO





 
Este alerta já circulou na internet. Pela relevância, revolvi publicar no meu blog.

Acho que você deveria compartilhar com os seus contatos.

Veja o relatodos fatos:

No feriado passado houve um princípio de incêndio em um apto do 13º andar no meu prédio, felizmente percebido a tempo pelos vizinhos (mesmo sendo no início, foram necessários 9 extintores para debelar o fogo).

Fica o alerta: o morador cometeu um erro que muitos fazem: deixou o notebook ligado, juntamente com vários outros equipamentos, sobre uma toalha de mesa revestida de plástico, com outros materiais inflamáveis próximo, ou seja, armou uma bomba relógio e saiu.

Causas prováveis indicadas pelos bombeiros, após examinar o local:
1 - O CARREGADOR pode ter esquentado, o calor transferido à toalha de mesa e como não tinha ninguém em casa, começou o fogo;

2 - O NOTEBOOK tem um ventilador(cooller), que resfria mas pode travar, pricipalmente se ficar em cima de uma toalha de mesa grossa que vai impedir a circulação do ar por baixo e irá causar o super aquecimento de todo equipamento e novamente o calor poderá ser transferido à toalha de mesa podendo iniciar um incêndio.

Os bombeiros, que só chegaram depois de tudo apagado, disseram que está sendo comum FÔGO INICIADO Á PARTIR DE NOTEBOOKS LARGADOS LIGADOS SOBRE MADEIRA, TOALHAS (PLÁSTICAS, TECIDO OU PAPEL). Se o fogo tivesse se alastrado não teriam muito o que fazer devido a altura.

Cuidado com carregadores em geral (notebook, celulares, etc...) que por natureza dissipam calor quando estão em uso.

EVITE DEIXA-LOS LIGADOS DURANTE A AUSÊNCIA DE CASA OU TRABALHO e caso seja imprescindível, deixem sobre superfícies não inflamáveis (bancadas de pedra, mesas de vidro ou até sobre o piso cerâmico, sem nada que possa propagar fogo por perto, (NUNCA SÔBRE PISO DE MADEIRA,TAPETES, TOALHAS DE MESA E ETC...).

Nunca deixar carregando em cima da cama, como tem gente que gosta de fazer, nem pensar.

Tem coisas que a gente pensa que nunca vai acontecer com a gente mas...  

A C O N T E C EM !!!

Crédito:

Recebi por e-mail de Reinaldo Moretto, São Paulo, Capital.

22 de abril de 2012

JOGO DOS ERROS DE PORTUGUÊS


Imagem meramente ilustrativa

 

Jogo dos erros de Português...

Por curiosidade, façam o teste. Não é necessário anotar nada, e os resultados de cada grau são apresentados automaticamente.


CRÉDITO
Recebi por e-mail de Walter Monaco, São Paulo, Capital.

MENSALÃO - NÃO DEIXE DE PARTICIPAR






Abaixo-assinado pelo Início do Julgamento do "Mensalão" no STF  
Para: Supremo Tribunal Federal - STF 

ÀS SRAS. E AOS SRS. MINISTROS DO STF:  

FAZEMOS UM APELO A V.EXAS PARA NÃO PERMITIREM QUE OS CRIMES DO MENSALÃO PRESCREVAM ANTES DO JULGAMENTO E QUE PEDIDOS DE VISTAS E ADIAMENTOS BENEFICIEM OS ACUSADOS. O PROCESSO ESTÁ EM TRAMITAÇÃO HÁ MUITO TEMPO. DEIXAR QUE OCORRA PRESCRIÇÃO E QUE OS ACUSADOS CONTINUEM A SE APROVEITAR DA DEMORA DO JULGAMENTO SIGNIFICARÁ VERDADEIRA OFICIALIZAÇÃO DA IMPUNIADE NO BRASIL.

ACESSE O SITE ABAIXO E ASSINE JÁ:

20 de abril de 2012

O que significa @?






Crédito imagem -elperromorao.com

Durante a Idade Média os livros eram escritos pelos copistas, à mão. Precursores dos taquígrafos, eles simplificavam seu trabalho substituindo letras, palavras e nomes próprios por símbolos, sinais e abreviaturas. Não era por economia de esforço nem para o trabalho ser mais  rápido (tempo era o que não faltava, naquela época!). O motivo era de ordem econômica: tinta e papel eram valiosíssimos. Assim, surgiu o til (~), para substituir o m ou n que nasalizava a vogal anterior. Se reparar bem, você verá que o til é um enezinho sobre a letra. O nome espanhol Francisco, também grafado Phrancisco, foi abreviado para Phco e Pco, o que explica, em espanhol, o apelido Paco. Ao citarem os santos, os copistas os identificavam por algum detalhe significativo de suas vidas. O nome de São José, por exemplo, aparecia seguido de Jesus Christi Pater Putativus, ou seja, o pai putativo (suposto) de Jesus Cristo. Mais tarde, os copistas passaram a adotar a abreviatura JHS PP, e depois simplesmente PP. A pronúncia dessas letras em sequência explica por que José, em Espanhol, tem o apelido de Pepe.

Já para substituir a palavra latina et (e), eles criaram um símbolo que resulta do entrelaçamento dessas duas letras: o &, popularmente conhecido como "e" comercial, em Português, e, ampersand, em Inglês, junção de and (e, em Inglês), per se (por si, em Latim) e and.

E foi com esse mesmo recurso de entrelaçamento de letras que os copistas criaram o símbolo @, para substituir a preposição latina ad, que tinha, entre outros, o sentido de casa de. Foram-se os copistas, veio a imprensa - mas os símbolos @ e & continuaram firmes nos livros de contabilidade. O @ aparecia entre o número de unidades da mercadoria e o preço. Por exemplo: o registro contábil 10@£3 significava 10 unidades ao preço de 3 libras cada uma. Nessa época, o símbolo @ significava, em Inglês, at (a ou em). No século XIX, na Catalunha (nordeste da Espanha), o comércio e a indústria procuravam imitar as práticas comerciais e contábeis dos ingleses. E, como os espanhóis desconheciam o sentido que os ingleses davam ao símbolo @ (a ou em), acharam que o símbolo devia ser uma unidade de peso. Para isso contribuíram duas coincidências:

1 - a unidade de peso comum para os espanhóis na época era a arroba, cuja inicial lembra a forma do símbolo;

2 - os carregamentos desembarcados vinham frequentemente em fardos de uma arroba. Por isso, os espanhóis interpretavam aquele mesmo registro de 10@£3 assim: dez arrobas custando 3 libras cada uma. Então, o símbolo @ passou a ser usado por eles para designar a arroba. O termo arroba vem da palavra árabe ar-ruba, que significa a quarta parte: uma arroba (15 kg, em números redondos) correspondia a 1/4 de outra medida de origem árabe, o quintar, que originou o vocábulo português quintal, medida de peso que equivale a 58,75 kg.

As máquinas de escrever, que começaram a ser comercializadas na sua forma definitiva há dois séculos, mais precisamente em 1874, nos Estados Unidos (Mark Twain foi o primeiro autor a apresentar seus originais datilografados), trouxeram em seu teclado o símbolo @, mantido no de seu sucessor - o computador.

Então, em 1972, ao criar o programa de correio eletrônico (o e-mail), Roy Tomlinson usou o símbolo @ (at), disponível no teclado dessa máquina, entre o nome do usuário e o nome do provedor. E foi assim que Fulano@Provedor X ficou significando Fulano no provedor X. Na maioria dos idiomas, o símbolo @ recebeu o nome de alguma coisa parecida com sua forma: em Italiano, chiocciola (caracol); em Grego, papaki (patinho);em Sueco, snabel (tromba de elefante); em Holandês, apestaart (rabo de macaco). Em alguns, tem o nome de certo doce de forma circular: shtrudel, em iídish; strudel, em alemão; pretzel, em vários outros idiomas europeus. No nosso, manteve sua denominação original: arroba.

Curiosidades que você podia não conhecer.