16 de dezembro de 2012

Esse é o cara!










      


      O jovem jogador do São Paulo Futebol Clube, Lucas Rodrigues Moura Silva, conhecido apenas por Lucas, é um exemplo a todos os jovens que seguem a carreira de jogador de futebol. 

      Nascido no dia 13 de agosto de 1992, apenas com 20 anos, mostra, ao contrário de muitos outros, que é um profissional exemplar. Já vendido ao Paris Saint-Germain, pela fabulosa soma de 43 milhões de euros, o jovem atleta, que só se apresentará ao seu novo clube em janeiro de 2013, tem demonstrado em todos os jogos do seu atual time uma dedicação incomum, e um extraordinário desempenho dentro de campo. 

      Outra característica demonstrada pelo jovem Lucas é o amor que sente pelo clube que o revelou integralmente, pois apesar de ter começado a jogar no Corinthians.

        Segundo o seu Pai, Lucas não recebeu daquele clube o tratamento devido. Em entrevista concedida disse que: 

         “Preocupados com a rotina diária e com o método utilizado para o fortalecimento físico do seu filho, ele foi atrás dos dirigentes corintianos para tentar resolver os problemas que os preocupavam. Pediram para que o seu filho tivesse o acompanhamento profissional de um nutricionista, para que o jogador pudesse ganhar massa muscular corretamente; também pediram para arranjar uma escola que fosse próxima do clube e um alojamento para evitar que o jogador se sobrecarregasse demais e pudesse correr o risco de ter uma queda no seu rendimento escolar e também no futebol. 

      O Pai de Lucas revelou em uma entrevista que na época os dirigentes corintianos responderam: 

"agora não podemos ver isso". 

      Ao contrário do Corinthians, o São Paulo FC ofereceu a Lucas tudo aquilo que o seu Pai pediu e não obteve. O investimento do Tricolor assegurou ao Lucas toda a tranquilidade para fazer de sua curta carreira um sucesso. 

              Sucesso Lucas.
 


          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Críticas serão sempre aceitas, desde que observado os padrões da ética e o correto uso da nossa língua portuguesa.