27 de janeiro de 2013

Boate Kiss - quem são os verdadeiros culpados?




Bombeiros incêndio em Santa Maria







A tragédia que aconteceu numa casa noturna em Santa Maria, RS, que até o momento já contabiliza mais de 200 mortes, poderia ser evitada se o brasileiro copiasse os exemplos de fatos ocorridos em outros países. Reporto-me ao incêndio que aconteceu em Buenos Aires, Argentina, no qual, 194 pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas em 30 de dezembro de, após fogos de artifício serem usados durante o show de um grupo musical na boate República Cromañon, no bairro de Once.


Lamentável. Por certo os organizadores do evento que virou tragédia em Santa Maria, copiaram o uso de fogos artifícios, mas esqueceram de que eles poderiam dar causa, como deram, à morte de mais de duas centenas de jovens.

Lamentável que nossas autoridades não agiram de sorte a impedir o uso desses artefatos em locais fechados como foi o caso da boate Kiss.


Some-se a isso, a incompetência das nossas autoridades que deixaram de exercer o que em Direito Administrativo chama-se de Poder de Polícia, de vez que a licença contra incêndios da boate Kiss, local do sinistro, estava vencida desde agosto de 2012 segundo relatou um tenente-coronel do Grupamento de Bombeiros.


A licença estava vencida, mais a casa noturna não foi, como deveria, estar impedida de realizar eventos!!!


E mais, tendo apenas uma porta de entrada e de saída, como se noticiou, tal casa noturna, com capacidade para receber até 2.000 pessoas, poderia ter sido autorizada a funcionar? 


Exemplos dessa inércia e de irresponsabilidade das nossas autoridades estão demonstrados em outros desastres.


Tempos atrás um prédio desabou no Rio de Janeiro em razão de obras clandestinas que se realizavam em um dos andares. Várias pessoas foram denunciadas, inclusive os pedreiros. Não vi, na lista que foi divulgada, qualquer autoridade que tem o dever de fiscalizar todas as obras que são realizadas em uma cidade.


Punir severamente os culpados. Sim todos querem isso, mas nenhuma pena será capaz de minimizar a dor daqueles que perderam estupidamente os seus entes queridos. 

Aos nossos leitores deixo uma pergunta: os donos da boate, os músicos, os seguranças, etc., devem responder pelo trágico acidente. 

Mas as autoridades serão?

      


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Críticas serão sempre aceitas, desde que observado os padrões da ética e o correto uso da nossa língua portuguesa.