2 de janeiro de 2013

Vou ficar de bico calado, faz de conta que sou mudo.



Crédito Imagem - tok842co7jzk.album.uol.com.br


    

A minha promessa de fim de ano foi de ficar de bico calado e fingir que sou mudo.


Minha inspiração, um trecho de uma música do cantor Zé Ramalho, que diz: 


“Um país onde as leis são descartáveis Por ausência de códigos corretos. Com quarenta milhões de analfabetos.E maior multidão de miseráveis. Um país onde os homens confiáveis. Não têm voz, não têm vez, nem diretriz. Mas corruptos têm voz e vez e bis. E o respaldo de estímulo incomum. Pode ser o país de qualquer um. Mas não é com certeza o meu país”.

Além da verdade contida nesses versos, sigo a fórmula de Einstein, que perguntado por um jornalista sobre qual seria a fórmula do sucesso ele respondeu:

Um jornalista pediu certa vez a Albert Einstein, o maior gênio da ciência desde Isaac Newton, que explicasse sua fórmula de sucesso. O grande pensador refletiu por um segundo e depois respondeu:

"Se a é sucesso, eu diria que a fórmula é A = X + Y + Z, X sendo trabalho e Y sendo diversão".

"E o que é Z?", perguntou o jornalista.

"É ficar de bico calado", respondeu ele.


Vou ficar de bico calado em 2013. Promessa é dívida
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Críticas serão sempre aceitas, desde que observado os padrões da ética e o correto uso da nossa língua portuguesa.