3 de março de 2013

Nossa Educação está no fim no poço







A notícia ontem divulgada de que no Estado de São Paulo, professores reprovados em concurso públicos estão sendo chamados para ministrar aulas demonstra que nossa educação continua não sendo levada a sério.


Em uma prova de 80 questões, tais professores não conseguiram acertar metade delas. No concurso realizado dos 169.945 candidatos inscritos, apenas 99.555 conseguiram acertar metade das questões. Os demais, 39.375, que não lograram atingir tal índice, e que em tese foram reprovados, mesmo assim estão sendo admitidos para lecionar. 


Ouvida pela Folha de São Paulo, a coordenadora do curso de pedagogia da Unicamp afirma que “um professor que tem um déficit de 50% do conteúdo da prova é uma situação grave”.


Diante disso indago a você, meu caro leitor: podemos ter esperança de que o Brasil possa um dia ser mesmo um país desenvolvido?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário. Críticas serão sempre aceitas, desde que observado os padrões da ética e o correto uso da nossa língua portuguesa.